Congresso Brasileiro de Ultrassonografia - SBUS 2024

Programação


Filtrar atividades

Auditório 1

08:00 - 10:00 Conferência

RASTREAMENTO DAS CROMOSSOMOPATIAS NO 1º TRIMESTRE: METODOLOGIA & ACURÁCIA DOS MARCADORES ULTRASSONOGRÁFICOS

08:00 - 08:15
TRANSLUCÊNCIA NUCAL
08:15 - 08:30
OSSO NASAL
08:30 - 08:45
DUCTO VENOSO
08:45 - 09:00
VÁLVULA TRICÚSPIDE
09:00 - 09:15
MARCADORES 1º TRI. - IMPORTÂNCIA DAS ASSOCIAÇÕES
09:15 - 09:30
DISCUSSÃO
09:30 - 10:00
MINICONFERÊNCIA: TN ALTERADA – QUANDO O NIPT É UMA OPÇÃO
10:30 - 12:30 Conferência

DIAGNÓSTICO DAS MALFORMAÇÕES NO PRIMEIRO TRIMESTRE

10:30 - 10:45
PROTOCOLO DE AVALIAÇÃO ISUOG
10:45 - 11:00
MALFORMAÇÕES DO SNC
11:00 - 11:15
MALFORMAÇÕES CARDÍACAS: É POSSÍVEL O DIAGNÓSTICO NO 1º TRIMESTRE?
11:15 - 11:30
MALFORMAÇÕES DA PAREDE ABDOMINAL
11:30 - 11:45
MALFORMAÇÕES GENITOURINÁRIA
11:45 - 12:00
DISCUSSÃO
12:00 - 12:30
MINICONFERÊNCIA: A GESTANTE IDOSA – PONTOS QUE DEVEM SER AVALIADOS PELO ULTRASSONOGRAFISTA
14:00 - 16:00 Conferência

TERCEIRO TRIMESTRE: LA/PLACENTA/BEM-ESTAR FETAL

14:00 - 14:15
ILA E MAIOR BOLSÃO: TÉCNICAS E VANTAGENS
14:15 - 14:30
OLIGOHIDRAMNIA X POLIDRAMNIA
14:30 - 14:45
ANOMALIAS NA FORMA PLACENTÁRIA
14:45 - 15:00
CALCIFICAÇÕES PLACENTÁRIAS
15:00 - 15:15
PERFIL BIOFÍSICO FETAL
15:15 - 15:30
DISCUSSÃO
15:30 - 16:00
MINICONFERÊNCIA: RESTRIÇÃO DE CRESCIMENTO FETAL – QUANDO INDICAR A INTERRUPÇÃO DA GESTAÇÃO
16:30 - 18:30 Conferência

CONDIÇÕES MATERNAS E O US OBSTÉTRICO

16:30 - 16:50
DOENÇA TROFOBLÁSTICA GESTACIONAL
16:50 - 17:10
GRAVIDEZ ECTÓPICA: TROMPA / OVÁRIO / ABDOMINAL
17:10 - 17:30
ISTMOCELE E GESTAÇÃO EM CICATRIZ DE CESARIANA
17:30 - 17:50
US NA GESTANTE DIABÉTICA
17:50 - 18:10
US NA GESTANTE ISOIMUNIZADA
18:10 - 18:30
DISCUSSÃO

Auditório 2

08:00 - 10:00 Conferência

ENDOMETRIOSE I

08:00 - 08:20
COMO EU FAÇO O EXAME PARA ENDOMETRIOSE? PASSO A PASSO UM POUCO ALÉM DO CONSENSO IDEA
08:20 - 08:40
ENDOMETRIOSE SUPERFICIAL COMO DIAGNOSTICAR?
08:40 - 09:00
ENDOMETRIOSE OVARIANA
09:00 - 09:20
ENDOMETRIOSE DO COMPARTIMENTO ANTERIOR
09:20 - 09:40
ENDOMETRIOSE DO COMPARTIMENTO POSTERIOR
09:40 - 10:00
QUANDO A RM DEVE SER O PRIMEIRO EXAME PARA A ENDOMETRIOSE?
10:30 - 12:30 Conferência

ENDOMETRIOSE II

10:30 - 10:50
RECIDIVA OU LESÕES FIBROCICATRICIAS NO SEGUIMENTO DAS PACIENTES OPERADAS DE ENDOMETRIOSE?
10:50 - 11:10
ENDOMETRIOSE DO ASSOALHO PÉLVICO (LESÃO DAS RAÍZES NERVOSAS)
11:10 - 11:30
RELATÓRIO ESTRUTURADO PARA US NA ENDOMETRIOSE
11:30 - 11:50
ENDOMETRIOSE: US ONE STOP É VIÁVEL?
11:50 - 12:10
ENDOMETRIOSE NA ADOLESCÊNCIA E NA PÓS-MENOPAUSA
12:10 - 12:30
A VISÃO DO CIRURGIÃO X RELATÓRIO DO IMAGINOLOGISTA
14:00 - 16:00 Conferência

ENDOMETRIOSE III

14:00 - 14:20
US PÉLVICA DE ROTINA PARA ENDOMETRIOSE – CONSENSO DA SRU - ONLINE
14:20 - 14:40
ENDOMETRIOSE DA PAREDE ABDOMINAL, CANAL INGUINAL
14:40 - 15:00
ENDOMETRIOSE DAS FOSSA ILÍACA DIREITA
15:00 - 15:20
CASOS POUCO COMUNS DE ENDOMETRIOSE NA ROTINA DO ULTRASSONOGRAFISTA
15:20 - 15:40
ENDOMETRIOSE EXTRA-PÉLVICA
15:40 - 16:00
DISCUSSÃO
16:30 - 18:30 Conferência

ENDOMETRIOSE IV - HANDS-ON

16:30 - 18:00
HANDS-ON
18:00 - 18:30
DEBATES COM OS PROFESSORES

Auditório 3

08:00 - 10:00 Conferência

HOT TOPICS NA REGIÃO CERVICAL

08:00 - 08:20
ANATOMIA CERVICAL: DESAFIOS PARA O RADIOLOGISTA
08:20 - 08:40
TIRADS – CASOS DESAFIADORES
08:40 - 09:00
AVALIAÇÃO DAS PARATIREÓIDES – CORRELAÇÃO ENTRE OS MÉTODOS DIAGNÓSTICOS
09:00 - 09:20
AVALIAÇÃO DAS TIREOIDITES DIFUSAS: ESTADO DA ARTE
09:20 - 09:40
INOVAÇÃO E IA NA AVALIAÇÃO DOS NÓDULOS DE TIREÓIDE
09:40 - 10:00
AVALIAÇÃO SONOGRÁFICA DO PESCOÇO NO PÓS-OPERATÓRIO
10:30 - 12:30 Conferência

US DERMATOLÓGICA NO NOSSO DIA A DIA

10:30 - 10:50
AVALIAÇÃO ULTRASONOGRÁFICA DAS LESÕES NEOPLÁSICAS CUTÂNEAS NA ROTINA DO ULTRASSONOGRAFISTA. COMO RELATAR
10:50 - 11:10
ANATOMIA VASCULAR FACIAL. O QUE O ULTRASSONOGRAFISTA DEVE SABER
11:10 - 11:30
AVALIAÇÃO DAS MAVS. TÉCNICA E RELATÓRIO
11:30 - 11:50
CASOS QUE ME DESAFIARAM NA ROTINA DA ULTRASSONOGRAFIA DERMATOLÓGICA
11:50 - 12:10
AVALIAÇÃO SONOGRÁFICA DO LIPEDEMA. TÉCNICA E COMO FAZER O RELATÓRIO
12:10 - 12:30
INFECÇÕES E INFESTAÇÕES DERMATOLÓGICAS (DOENÇAS TROPICAIS)
14:00 - 16:00 Conferência

HOT TOPICS EM PEQUENAS PARTES

14:00 - 14:15
ABLAÇÃO DE NÓDULOS TIREOIDEANOS. TÉCNICA E RESULTADOS 2024
14:15 - 14:30
AVALIAÇÃO SONOGRÁFICA DO ESCROTO AGUDO. UM GUIA PRÁTICO
14:30 - 14:45
ELASTOGRAFIA DA TIREÓIDE 2024
14:45 - 15:00
BI-RADS SONOGRÁFICO: ARMADILHAS E DIFICULDADES
15:00 - 15:45
AVALIAÇÃO SONOGRÁFICAS DAS LESÕES MAMÁRIAS NÃO-NEOPLÁSICAS: PRINCIPAIS ACHADOS E COMO RELATAR
15:45 - 16:00
AVALIAÇÃO SONOGRÁFICA DA PAREDE ABDOMINAL: PRINCIPAIS ACHADOS
16:30 - 18:30 Conferência

TOP TEMAS

16:30 - 16:50
ESTUDO SONOGRÁFICO DAS GLÂNDULAS SALIVARES: O QUE É IMPORTANTE RELATAR
16:50 - 17:10
AVALIAÇÃO SONOGRÁFICA DOS LINFONODOS CERVICAIS: DA TÉCNICA AO RELATÓRIO
17:10 - 17:30
US NO PÓS-OPERATÓRIO DE TIREÓIDE: O QUE DEVEMOS RELATAR?
17:30 - 17:50
MASSAS LINFONODAIS CERVICAIS: O QUE É PRECISO SABER?
17:50 - 18:10
AVALIAÇÃO DAS LESÕES CERVICAIS EXTRA-TIREOIDEANAS
18:10 - 18:30
MESA REDONDA

Auditório 4

08:00 - 10:00 Conferência

MINI-CONFERÊNCIAS

08:00 - 08:20
ALTERAÇÕES RENAIS FOCAIS BENIGNAS SÓLIDAS MAIS RELEVANTES
08:20 - 08:40
CISTOS RENAIS, ALÉM DO SIMPLES
08:40 - 09:00
NEOPLASIA MALIGNA RENAL E URETERAL
09:00 - 09:20
UROPATIAS CONGÊNITAS: O QUE AVALIAR E COMO DESCREVER
09:20 - 09:40
CASOS DE LITÍASE URINÁRIA: COMO MELHORAR MEU EXAME
09:40 - 10:00
DISCUSSÃO FINAL
10:30 - 12:30 Conferência

MINI-CONFERÊNCIAS

10:30 - 10:50
DOPPLER RENAL: SISTEMATIZAÇÃO DO EXAME E COMO MELHORAR AS IMAGENS
10:50 - 11:10
DOPPLER RENAL: ALTERAÇÕES COMUNS
11:10 - 11:30
DOPPLER DO RIM TRANSPLANTADO: O QUE AVALIAR E COMO DESCREVER
11:30 - 11:50
DOPPLER RENAL: CASOS DESAFIADORES
11:50 - 12:10
AVALIAÇÃO RENAL COM CONTRASTE
12:10 - 12:30
DISCUSSÃO
14:00 - 16:00 Conferência

DIRETO AO PONTO

14:00 - 14:15
COLELITÍASE: CASOS DESAFIADORES
14:15 - 14:30
COMPLICAÇÕES MAIS FREQUENTES DA COLELITÍASE: EM CASOS
14:30 - 14:45
LESÕES BENIGNAS DA VESÍCULA BILIAR
14:45 - 15:00
NEOPLASIA MALIGNA DA VESÍCULA BILIAR
15:00 - 15:15
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL PARA DILATAÇÃO DO HEPATOCOLÉDOCO
15:15 - 15:30
CASOS DESAFIADORES DE VESÍCULA E VIAS BILIARES
15:30 - 15:50
DISCUSSÃO DE CASOS COM ADVOGADO – PROCESSO JURÍDICO
15:50 - 16:00
DISCUSSÃO
16:30 - 18:30 Conferência

MINI-CONFERÊNCIAS

16:30 - 16:50
NEOPLASIAS BENIGNAS DE PÂNCREAS
16:50 - 17:10
NEOPLASIAS MALIGNAS DE PÂNCREAS
17:10 - 17:30
PANCREATITE AGUDA E SUAS COMPLICAÇÕES MAIS FREQUENTES
17:30 - 17:50
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL PARA DILATAÇÃO DO DUCTO PANCREATICO
17:50 - 18:10
ALTERAÇÃO DE ECOGENICIDADE PANCREATICA: O QUE HÁ DE NOVO
18:10 - 18:30
DISCUSSÃO FINAL

Auditório 5

08:00 - 10:00 Conferência

ULTRASSONOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

08:00 - 08:20
ULTRASSONOGRAFIA NA TENDINOPATIA PATELAR
08:20 - 08:40
ACROMIOCLAVICULAR - ANATOMIA E SONOANATOMIA E PATOLOGIA
08:40 - 09:00
USG DO PUNHO E MÃO NA ARTRITE REUMATOIDE
09:00 - 09:20
TÉCNICA DE ULTRASSONOGRAFIA DO QUADRIL NO ADULTO
09:20 - 09:40
ABORDAGEM DIAGNÓSTICA NA EPICONDILITE LATERAL
09:40 - 10:00
USG DO OMBRO NAS TENDINOPATIAS
10:30 - 12:30 Conferência

ULTRASSONOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

10:30 - 10:50
TENDÃO DE AQUILES: O PAPEL DO ULTRASSOM NO DIAGNÓSTICO E NO TRATAMENTO
10:50 - 11:10
USG NA TENDINOPATIA DA CABEÇA LONGA DO BÍCEPS
11:10 - 11:30
USG DE HERNIOPLASTIA INGUINAL. TECNICA Y LAUDO
11:30 - 11:50
USG DOS EXTENSORES DOS DEDOS DA MÃO
11:50 - 12:10
USG DA MÃO NA ARTRITE PSORIÁTICA
12:10 - 12:30
ACHADOS ULTRASSONOGRÁFICOS NA OSTEOARTRITE DO QUADRIL
14:00 - 16:00 Conferência

ULTRASSONOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

14:00 - 14:15
USG EN LAS COMPLICACIONES DE HERNIOPLASTIA INGUINAL. UTILIDAD DE INTERVENCIONISMO ECOGUIADO
14:15 - 14:30
ABORDAGEM POR US NA TENDINOPATIA DO INFRAESPINAL
14:30 - 14:45
PROTOCOLO MASEI NAS ESPONDILOARTRITES
14:45 - 15:00
ABORDAGEM POR USG NA PATOLOGIA DO TENDÃO BICIPTAL DISTAL
15:00 - 15:45
AVALIAÇÃO DE SÍNDROMES CRUZADAS EM MEMBRO SUPERIOR E INFERIOR
15:45 - 16:00
TÉCNICA DE ULTRASSOGRAFIA DO JOELHO
16:30 - 18:30 Conferência

ULTRASSONOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

16:30 - 16:50
CLASSIFICAÇÃO DE COLLIN NAS RUPTURAS DO MANGUITO ROTADOR; QUAIS AS LESÕES QUE CAUSAM MAIS RISCO DE OMBRO PSEUDO PARALÍTICO
16:50 - 17:10
DICAS NAS INFILTRAÇÕES ARTICULARES GUIADAS POR ULTRASSOM
17:10 - 17:30
DIAGNÓSTICO E TRATAMENTO GUIADO POR ULTRASSOM DA PATOLOGIA DA CABEÇA LONGA DO BÍCEPS
17:30 - 17:50
USG DE HOMBRO LOS 4 PUNTOS MAS IMPORTANTES AL APOYAR EL TRANSDUCTOR
17:50 - 18:10
OMBRO ALÉM DO MANGUITO: VENTRES E RECESSOS
18:10 - 18:30
NOÇÕES DE ALGUNS ORTOBIOLOGICOS; QUAIS E COMO PREPARAR

Sala A

08:00 - 10:00 Conferência

DOPPLER ARTERIAL DOS MMII

08:00 - 08:20
DOPPLER ARTERIAL DE MMII: UM ROTEIRO PRÁTICO
08:20 - 08:40
CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO DA DOENÇA ARTERIA OBSTRUTIVA PERIFÉRICA
08:40 - 09:00
TEMPO DE ACELERAÇÃO PLANTAR COMO ESTIMATIVA DE ISQUEMIA NO PACIENTE DIABÉTICO
09:00 - 09:20
NOVA NOMENCLATURA DOS PADRÕES DE CURVA ARTERIAL
09:20 - 09:40
DOPPLER ARTERIAL DE MMII: AVALIAÇÃO APÓS REVASCULARIZAÇÃO COM ENXERTO
09:40 - 10:00
DOENÇA ARTERIA OBSTRUTIVA PERIFÉRICA: A IMPORTÂNCIA DA CIRCULAÇÃO DO PÉ
10:30 - 12:30 Conferência

DOPPLER DOS MMSS

10:30 - 10:50
DOPPLER ARTERIAL DE MMSS: UM ROTEIRO PRÁTICO
10:50 - 11:10
DOPPLER ARTERIAL DE MMSS: SÍDROME DO DESFILADEIRO TORÁCICO
11:10 - 11:30
AVALIAÇÃO PRE E PÓS OP DE FISTULA ARTERIO VENOSA
11:30 - 11:50
ULTRASSOM COM DOPPLER INTRA OPERATÓRIO NA CIRURGIA DE FÍSTULA PARA HEMODIÁLISE
11:50 - 12:10
O QUE NÃO PODE FALTAR NO SEU LAUDO DE DOPPLER EM FÍSTULA PARA HEMODIÁLISE
12:10 - 12:30
DISCUSSÃO
14:00 - 16:00 Conferência

DOPPLER VENOSO DOS MMII – SISTEMA SUPERFICIAL

14:00 - 14:15
SISTEMA VENOSO SUPERFICIAL: DICAS PRÁTICAS COM CASO CLÍNICO
14:15 - 14:30
SISTEMA VENOSO SUPERFICIAL: PASSO A PASSO DO EXAME
14:30 - 14:45
ACRESCENTAR
14:45 - 15:00
VARISES PÉLVICAS – COMO ABORDAR
15:00 - 15:45
MAPEAMENTO DE VARISES – CASOS DIFÍCEIS
15:45 - 16:00
DISCUSSÃO
16:30 - 18:30 Conferência

DOPPLER VENOSO DOS MMII – SISTEMA PROFUNDO

16:30 - 16:50
ACHADOS ECOGRÁFICOS NA TVP AGUDA
16:50 - 17:00
RETROMBOSE X TROMBOSE AGUDA X TROMBOSE CRÔNICA? COMO DIAGNOSTICAR? COMO LAUDAR?
17:10 - 17:30
DIAGNÓSTICOS DIFERENCIAIS NA TVP
17:30 - 17:50
TVP- MANEJO CLÍNICO! TEM LUGAR PARA CONTROLE ECOGRÁFICO?
17:50 - 18:10
TVP: CASOS DIFÍCEIS
18:10 - 18:30
DISCUSSÃO

Sala B

13:00 - 13:20 Conferência

10° SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE MEDICINA FETAL SOBRAMEF

13:00 - 13:20
ABERTURA
13:20 - 14:30 Conferência

OS DESAFIOS DO PRIMEIRO TRIMESTRE NA PRÁTICA CLÍNICA

13:20 - 13:35
TN AUMENTADA COM 10 SEMANAS; O QUE FAZER, COMO ORIENTAR E CONDUZIR
13:35 - 13:50
ENTRE GUIDELINES E A PRÁTICA CLÍNICA, O QUE NÃO PODE DEIXAR DE SER VISTO NA MORFOLOGIA FETAL?
13:50 - 14:05
TN AUMENTADA E NIPT NORMAL (BAIXO RISCO), E AGORA?
14:05 - 14:20
MALFORMAÇÃO CARDÍACA DE PRIMEIRO TRIMESTRE. ACHADOS ULTRASSONOGRÁFICOS
14:20 - 14:30
DISCUSSÃO
14:30 - 15:20 Conferência

SISTEMA NERVOSO CENTRAL, “PENSO, LOGO EXISTO”

14:30 - 14:40
ANOMALIAS DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL DIAGNOSTICADAS NO PRIMEIRO TRIMESTRE
14:40 - 14:50
ANOMALIAS DA FOSSA POSTERIOR. DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
14:50 - 15:00
CORRELAÇÃO E NÃO CORRELAÇÃO ENTRE O ULTRASSOM E A RMI EM CASOS DE ANOMALIAS DO SNC
15:00 - 15:10
POSSIBILIDADES CIRÚRGICAS FETAIS EM CASOS DE ANOMALIAS DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL.
15:10 - 15:20
DISCUSSÃO
15:20 - 16:10 Conferência

MORFOLOGIA FETAL NO II TRIMESTRE, “QUEM NÃO SABE O QUE BUSCA, NÃO IDENTIFICA O QUE ACHA”

15:20 - 15:30
ARRITIMIAS CARDÍACAS - DIAGNÓSTICO ULTRASSONOGRAFICO
15:30 - 15:40
ANOMALIAS PULMONARES. COMO RECONHECÊ-LAS
15:40 - 15:50
CISTO ABDOMINAL. DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL
15:50 - 16:00
ALTERAÇÕES DO LÍQUIDO AMNIÓTICO. DIAGNÓSTICO E CONDUTA
16:00 - 16:10
DISCUSSÃO
16:30 - 17:10 Conferência

INDICAÇÕES DA CIRURGIA FETAL, O “MARCO ZERO”

16:30 - 16:40
MALFORMAÇÕES CARDÍACAS.
16:40 - 16:50
DEFEITOS DE PAREDE ABDOMINAL - HERNIA DIAFRAGMATICA CONGÊNITA
16:50 - 17:00
UROPATIAS OBSTRUTIVAS
17:00 - 17:10
DISCUSSÃO
17:10 - 18:10 Conferência

TÉCNICA CIRÚRGICA. “FAÇO O QUE EU DIGO, MAS NÃO FAÇA O QUE EU FAÇO”

17:10 - 17:20
DERIVAÇÃO INTRAÚTERO
17:20 - 17:30
ABLAÇÃO A LASER NA GESTAÇÃO GEMELAR
17:30 - 17:40
FETOSCOPIA NAS ANOMALIAS DO SISTEMA NERVOSO CENTRAL.
17:40 - 17:50
CIRURGIA “A CÉU ABERTO”
17:50 - 18:00
INSUFICIÊNCIA PLACENTÁRIA “QUANTO MAIS PENSO QUE SEI, MAS TENHO QUE ESTUDAR”
18:00 - 18:10
CASO CLÍNICO
18:10 - 19:00 Conferência

CONFERÊNCIA

18:10 - 18:20
ANOMALIAS FETAIS DIAGNOSTICADAS NO PRIMEIRO TRIMESTRE. “MEDICINA QUE É BOA, É PARA TODOS”
18:20 - 18:30
DISCUSSÃO
18:30 - 18:50
ENCERRAMENTO

Auditório 1

08:00 - 10:00 Conferência

MALFORMAÇÕES FETAIS NO 2º E 3º TRIMESTRES: - PARTE I

08:00 - 08:20
IMAGEM CÍSTICA NO SNC
08:20 - 08:40
MASSAS PULMONARES
08:40 - 09:00
ESPINHA BÍFIDA
09:00 - 09:20
SINAIS INDIRETOS DE UMA CARDIOPATIA
09:20 - 09:30
DISCUSSÃO
09:30 - 10:00
MINICONFERÊNCIA – NOVAS PERSPECTIVAS NO TRATAMENTO FETAL
10:30 - 12:30 Conferência

ALTERAÇÕES NO CRESCIMENTO FETAL

10:30 - 10:50
BIOMETRIA FETAL E CURVAS DE CRESCIMENTO
10:50 - 11:10
DIAGNÓSTICO DO PIG (DELPHI/ISUOG)
11:10 - 11:30
DIAGNÓSTICO DO CIUR (DELPHI/ISUOG
11:30 - 11:50
DIAGNÓSTICO DO GIG/ MACROSSOMIA FETAL
11:50 - 12:00
DISCUSSÃO
12:00 - 12:30
O DIAGNÓSTICO PRÉ-NATAL E A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL
14:00 - 16:00 Conferência

SIMPÓSIO ALAUS

14:00 - 14:20
PREDIÇÃO E PREVENÇÃO DA PRÉ-ECLÂMPSIA – AMÉRICA LATINA
14:20 - 14:40
ELASTOGRAFIA DO COLO UTERINO – IMPORTÂNCIA
14:40 - 15:00
IMPORTÂNCIA DA ULTRASSONOGRAFIA NA INFERTILIDADE
15:00 - 15:20
FETO RESTRITO OU CONSTITUCIONAL – COMO DIAGNOSTICAR
15:20 - 15:30
IMPORTÂNCIA DA ECOCARDIOGRAFIA FETAL E IMPACTO
15:30 - 16:00
MINICONFERÊNCIA: INVASÃO PLACENTÁRIA ANÔMALA
16:30 - 18:30 Conferência

COLO UTERINO – PREDIÇÃO DO PARTO PREMATURO E DO PARTO VAGINAL

16:30 - 16:50
MEDIDA DO COLO UTERINO: COMO E QUANDO?
16:50 - 17:10
ECO GLANDULAR (EGE) E SLUDGE: QUANDO VALORIZAR
17:10 - 17:30
AVALIAÇÃO DO COLO UTERINO COM CERCLAGEM & PESSÁRIO
17:30 - 17:50
PROTOCOLO DE CONDUTAS NO COLO CURTO
17:50 - 18:10
AVALIAÇÃO DO COLO UTERINO NA PREDIÇÃO DO PARTO VAGINAL
18:10 - 18:30
DISCUSSÃO

Auditório 2

08:00 - 10:00 Conferência

MASSAS ANEXIAIS

08:00 - 08:20
DESCRITORES DE CISTOS OVARIANOS BENIGNOS
08:20 - 08:40
DESCRITORES DE CISTOS OVARIANOS MALIGNOS
08:40 - 09:00
CLASSIFICAÇÃO DOS CISTOS OVARIANOS
09:00 - 09:20
MASSAS ANEXIAIS NÃO GINECOLÓGICAS
09:20 - 09:40
CASOS CLÍNICOS: APLICANDO O-RADS® US NO DIA A DIA
09:40 - 10:00
DISCUSSÃO
10:30 - 12:30 Conferência

OFICINA DE RELATÓRIOS

10:30 - 10:50
ADENOMIOSE: O QUE É PRECISO INFORMAR?
10:50 - 11:10
LEIOMIOMA UTERINO: O QUE É PRECISO INFORMAR?
11:10 - 11:30
ISTMOCELE: O QUE É PRECISO INFORMAR?
11:30 - 11:50
MASSAS ANEXIAIS: O QUE É PRECISO INFORMAR?
11:50 - 12:10
DIU: O QUE É PRECISO INFORMAR?
12:10 - 12:30
DISCUSSÃO
14:00 - 16:00 Conferência

PATOLOGIAS MIOMETRIAIS

14:00 - 14:20
ADENOMIOSE COMO DIAGNOSTICAR?
14:20 - 14:40
NÓDULOS MIOMETRIAIS BENIGNOS
14:40 - 15:00
DEFEITO EM CICATRIZ DE CESÁREA
15:00 - 15:20
QUANDO SUSPEITAR DE NÓDULO MIOMETRIAL MALIGNO?
15:20 - 15:40
A VISÃO DO HISTEROSCOPISTA X RELATÓRIO DO IMAGINOLOGISTA
15:40 - 16:00
DISCUSSÃO
16:30 - 18:30 Conferência

ANOMALIAS MULLERIANAS CONGÊNITAS

16:30 - 16:50
ANÁLISE CRÍTICA DAS CLASSIFICAÇÕES DAS MALFORMAÇÕES MULLERIANAS?
16:50 - 17:10
TÉCNICAS PARA AVALIAÇÃO DAS MALFORMAÇÕES MULLERIANAS
17:10 - 17:30
ÚTERO SEPTADO COMO DIAGNOSTICAR?
17:30 - 17:50
USO DO METAVERSO NA AVALIAÇÃO DA CAVIDADE UTERINA
17:50 - 18:10
ÚTERO EM “T” COMO DIAGNOSTICAR E TRATAR?
18:10 - 18:30
DISCUSSÃO

Auditório 3

08:00 - 10:00 Conferência

US MAMARIA EM SITUAÇÕES ESPECÍFICAS

08:00 - 08:20
US MAMÁRIA EM TRANSGÊNEROS
08:20 - 08:40
US MAMÁRIA NO CICLO GRAVÍDICO-PUERPERAL
08:40 - 09:00
US MAMÁRIA NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA
09:00 - 09:20
US MAMÁRIA EM MAMAS OPERADAS / IMPLANTES
09:20 - 09:40
CASOS & CONDUTA
09:40 - 10:00
DISCUSSÃO
10:30 - 12:30 Conferência

AVANÇOS TECNOLÓGICOS E FUTURO DA US MAMÁRIA

10:30 - 10:50
INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL / DEEP LEARNING EM US MAMÁRIA
10:50 - 11:10
NOVAS TÉCNICAS DE IMAGEAMENTO E INSTRUMENTAÇÃO
11:10 - 11:30
BIÓPSIA VIRTUAL / RADIÔMICA EM US MAMÁRIA
11:30 - 11:50
PERSPECTIVAS FUTURAS
11:50 - 12:10
DISCUSSÃO
14:00 - 16:00 Conferência

CORRELAÇÃO IMAGINOLÓGICA: US E OUTRAS MODALIDADES DE IMAGEM

14:00 - 14:20
CORRELAÇÃO IMAGINOLÓGICA: US E MAMOGRAFIA
14:20 - 14:40
CORRELAÇÃO IMAGINOLÓGICA: US E TOMOSSÍNTESE
14:40 - 15:00
CORRELAÇÃO IMAGINOLÓGICA: US E RESSONÂNCIA MAGNÉTICA
15:00 - 15:20
CORRELAÇÃO IMAGINOLÓGICA: US E MAMOGRAFIA COM CONTRASTE
15:20 - 15:45
CASOS & CONDUTA
15:45 - 16:00
DISCUSSÃO
16:30 - 18:30 Conferência

WORKSHOP PROCEDIMENTOS MAMÁRIOS GUIADOS POR US

16:30 - 16:55
PRÁTICA: PAAF CISTO / NÓDULO / LINFONODO
16:55 - 17:20
PRÁTICA: BIÓPSIA POR AGULHA GROSSA NÓDULO / LINFONODO
17:20 - 17:45
PRÁTICA: AGULHAMENTO
17:45 - 18:10
PRÁTICA: CLIPAGEM DE TUMOR
18:10 - 18:30
PRÁTICA: BIÓPSIA VÁCUO ASSISTIDA

Auditório 4

08:00 - 10:00 Conferência

MINI-CONFERÊNCIAS

08:00 - 08:20
ELASTOGRAFIA HEPÁTICA
08:20 - 08:40
CASOS SIMPLES E COMPLEXOS EM ELASTOGRAFIA HEPÁTICA
08:40 - 09:00
DOPPLER HEPÁTICO: SISTEMATIZAÇÃO DO EXAME E CASOS DESAFIADORES
09:00 - 09:20
DOPPLER NO FÍGADO TRANSPLANTADO: TÉCNICA E PRINCIPAIS ALTERAÇÕES
09:20 - 09:40
AVALIAÇÃO HEPÁTICA COM CONTRASTE
09:40 - 10:00
DISCUSSÃO FINAL
10:30 - 12:30 Conferência

MINI-CONFERÊNCIAS

10:30 - 10:50
AVALIAÇÃO NO TRANSPLANTE RENAL E PANCREÁTICO
10:50 - 11:10
APENDICITE AGUDA
11:10 - 11:30
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE APENDICITE AGUDA
11:30 - 11:50
CASOS DESAFIADORES DE DOENÇAS INFLAMATÓRIAS INTESTINAIS
11:50 - 12:10
ACHADOS MAIS FREQUENTES NO TRAUMA ABDOMINAL
12:10 - 12:30
DISCUSSÃO FINAL
14:00 - 16:00 Conferência

DIRETO AO PONTO

14:00 - 14:15
ULTRASSONOGRAFIA PULMONAR: TÉCNICA E SISTEMATIZAÇÃO
14:15 - 14:30
ACHADOS ULTRASSONOGRÁFICOS PATOLÓGICOS PULMONARES
14:30 - 14:45
CASOS INTERESSANTES DE ULTRASSONOGRAFIA PULMONAR
14:45 - 15:00
AVALIAÇÃO DO ESVAZIAMENTO GÁSTRICO
15:00 - 15:15
PROTOCOLO RUSH
15:15 - 15:30
OUTROS PROTOCOLOS IMPORTANTES EM EMERGÊNCIAS
15:30 - 15:45
DISCUSSÃO DE CASOS CRÍTICOS 1: APLICAÇÕES DO POCUS
15:45 - 16:00
DISCUSSÃO DE CASOS CRÍTICOS 2: APLICAÇÕES DO POCUS
16:30 - 18:30 Conferência

MINI-CONFERÊNCIAS

16:30 - 16:50
MANEJO DO PACIENTE COM NECESSIDADES ATÍPICAS
16:50 - 17:10
ALTERAÇÕES VESICAIS MAIS COMUNS
17:10 - 17:30
PRÓSTATA: ALÉM DA ECOTEXTURA HETEROGÊNEA
17:30 - 17:50
DOR PÉLVICA NO HOMEM EM CASOS
17:50 - 18:10
BIÓPSIA DE PRÓSTATA
18:10 - 18:30
CASOS DESAFIADORES EM UROLOGIA

Auditório 5

08:00 - 10:00 Conferência

ULTRASSONOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

08:00 - 08:20
AVALIAÇÃO DINÂMICA DE IMPACTOS NO OMBRO
08:20 - 08:40
TÉCNICA DE ULTRASSONOGRAFIA DA REGIÃO GLÚTEA
08:40 - 09:00
USG DE HOMBRO EN MAYORES DE 65 AÑOS
09:00 - 09:20
TENDÃO DO PEITORAL MAIOR COMO DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE OMALGIA ANTERIOR
09:20 - 09:40
COMO AVALIAR A CÁPSULA ARTICULAR DO OMBRO
09:40 - 10:00
TÉCNICA DE ULTRASSONOGRAFIA DO QUADRIL NO ADULTO
10:30 - 12:30 Conferência

ULTRASSONOGRAFIA MUSCULOESQUELÉTICA

10:30 - 10:50
INDICAÇÕES E POSICIONAMENTO DO ULTRASSOM NEUROMUSCULAR
10:50 - 11:10
TÉCNICA DE ULTRASSONOGRAFIA DA REGIÃO PÚBICA
11:10 - 11:30
DIAGNÓSTICO ECOGRÁFICO NA TENDINOPATIA E LESÕES DO RETO FEMORAL
11:30 - 11:50
TENDÃO DO PEITORAL MAIOR COMO DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DE OMALGIA ANTERIOR
11:50 - 12:10
A IMPORTÂNCIA DA AVALIAÇÃO CONTRALATERAL NOS DIAGNÓSTICOS POR ULTRASSOM
12:10 - 12:30
USG PARA O DIAGNÓSTICO DO NEUROMA DE MORTON
14:00 - 16:00 Conferência

US NA UNIDADE NEONATAL

14:00 - 14:20
AVALIAÇÃO FUNCIONAL DA SOBRECARGA HÍDRICA EM NEONATOS
14:20 - 14:40
DIAGNÓSTICO ULTRASSONOGRÁFICO DA ENTEROCOLITE NECROSANTE
14:40 - 15:00
US NA COLESTASE NEONATAL
15:00 - 15:20
AVALIAÇÃO DA FUNÇÃO MIOCÁRDICA EM NEONATOS
15:20 - 15:40
DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL DAS DILATAÇÕES PIELOCALICIAIS
15:40 - 16:00
AVALIAÇÃO DO QUADRIL INFANTIL NO RN DE APRESENTAÇÃO PÉLVICA